Postado por
Transporte

O transporte de carga movimenta o Brasil. Saiba mais sobre o que é, como funciona e, também, três dicas importantes para melhorar a produtividade.
É impossível imaginar o Brasil sem o transporte de cargas, principalmente se formos falar de mercadorias enviadas por meio de caminhões. Diariamente, milhões de reais circulam pelas estradas do país por meio de produtos transportados.

Sejam as transportadoras, ou até mesmo os profissionais autônomos que trabalham nesse setor, eles precisam de uma certa organização para que o seu trabalho seja feito com clareza e efetividade.

Leia mais: A pandemia e a gestão de fornecedores

Ainda assim, é de suma importância que os contratantes tenham um bom conhecimento de quem fará a entrega para eles, afinal, no momento em que as mercadorias estão sendo transportadas por alguém, aquela pessoa será uma espécie de representante do seu negócio.

Tendo isso em vista, hoje vamos explicar melhor sobre o que é transporte de carga, como funciona e os principais modais. Além disso, leia esse artigo até o final e confira 3 dicas importantes para melhorar a produtividade nesse serviço.

Prepare um bom café, ou uma água para acompanhar essa leitura. E, também, pegue um bloco de notas para anotar as principais informações.

Boa leitura!

 

O que é transporte de carga?

Segundo órgãos governamentais, atualmente, existem mais de 700 mil transportadores em atividade no Brasil, sejam eles de pessoas autônomas ou até mesmo empresas registradas. Ou seja, são milhares de pessoas que trabalham diariamente com o transporte de carga no país.

Mas, afinal, o que é transporte de carga?

Ao menos uma vez na vida você fará uma compra, seja online ou até mesmo em uma loja física. Possivelmente, o item adquirido terá um peso ou medidas superiores ao que pode ser transportado convencionalmente em um carro ou, até mesmo, nas mãos ou sacolas. Sendo assim, será necessário solicitar um frete, ou seja, um transporte de carga.

Há muitos anos, os trens foram os principais meios de transportes para o envio de mercadorias, seja qual fosse a finalidade. Posteriormente, os veículos automotores começaram a ganhar mais espaço no dia a dia e, atualmente, os caminhões, navios e até mesmo aviões exercem essa função.

Hoje, o caminhão ainda leva vantagem sobre outros meios na luta para ser o principal player de transporte de carga em solo brasileiro. Ano após ano, as concessionárias têm equipado cada vez mais os seus veículos para que o trabalho se torne cada vez melhor.

Com caminhões mais completos e seguros, esse setor segue uma crescente e, atualmente, é o principal propulsor da categoria. Em outras palavras, sem os caminhoneiros é impossível fazer com que a economia do país gire, afinal, por eles passa boa parte do faturamento mensal e anual de inúmeras empresas.

 

Como funciona?

Uma vez entendido o que é o transporte de carga, podemos buscar mais sobre como funciona esse serviço tão importante para a economia brasileira.

Com milhões de funcionários nessa área, sejam eles caminhoneiros ou, até mesmo gerentes e demais colaboradores de uma transportadora, normalmente existe uma certa rotina e roteiro de como o processo de coleta e entrega de mercadorias deve ser feito.

Leia mais: O impacto da pandemia nas vendas do e-commerce no Brasil

Acompanhe abaixo um pouco sobre como funciona esse processo.

Administração do trabalho

Assim que uma empresa de transportes, ou até mesmo um profissional autônomo recebe um uma solicitação de coleta, a primeira ação que ele deve ter é a de calcular o espaço disponível em seu veículo para aquela entrega e buscar viabilizar o trabalho.

Conferência de carga

Passada a primeira etapa de analisar os gastos e viabilizar o trabalho, é necessário conferir o material que será coletado e, também, saber com o cliente as especificidades da entrega. É normal que algumas empresas cobrem que somente a sua mercadoria seja transportada no caminhão, dessa forma, muito provavelmente o valor do serviço aumentará.

Roteiro de entrega

Uma vez com a mercadoria em sua propriedade, a transportadora ou profissional autônomo deve organizar um roteiro para entregar o produto no tempo estipulado e nas condições pré-estabelecidas.

Aqui, é necessário ter em mente qual o melhor caminho para levar a carga e, também, prever as paradas para descanso e alimentação, afinal, esse é um tempo que o caminhoneiro tem direito previsto em lei.

Controle do transporte e entrega

Durante o trabalho, é prudente que as empresas do ramo de transporte mantenham os seus clientes atualizados sobre como está o andamento da entrega. Ou seja, uma forma de transparência é a criação de plataformas virtuais para que seja monitorada a mercadoria.

Durante a entrega, o motorista deve fazer tudo prezando pela qualidade e eficiência, afinal, naquele momento ele é um representante de seu cliente, e é de suma importância manter uma boa relação.

 

Quais os tipos de transporte de carga?

Como citado anteriormente, existem diversos veículos, sejam terrestres, aéreos ou até mesmo navais capazes de exercer a atividade de transporte de carga. Confira abaixo um breve resumo sobre como funcionam cada um deles.

  • Transporte Ferroviário

Há muitos anos, o transporte ferroviário foi a principal forma de enviar mercadorias de um local para outro no Brasil. Todavia, com o baixo investimento nessa modalidade, ela foi caindo no desuso.

Atualmente, são poucas as transportadoras que ainda possuem trens no Brasil para fazer o serviço de transporte de carga. Um dos motivos pelos quais fez ele sair do gosto dos empresários do setor é que na grande maioria dos casos as mercadorias eram transportadas sem a segurança necessária.

Em alguns países mundo afora essa modalidade voltou a crescer, principalmente devido aos investimentos em novas tecnologias de trens e, também, ferrovias mais equipadas.

 

  • Transporte Aquaviário

Quem nunca viu aqueles navios gigantescos com inúmeros containers dentro? Pois bem, esse é o transporte aquaviário. Pensando em levar mercadorias de um país a outro que não tenham ligações terrestres, ou ainda de um continente para outro, essa modalidade cada ano cresce mais.

Outro ponto que ainda faz com que o transporte aquaviário seja um dos mais vantajosos é em relação ao seu tamanho e, também, o peso das cargas que ele suporta.

 

  • Transporte Aeroviário

O terceiro modal que apresentamos é o aeroviário, ou seja, feito pelos aviões. É um dos serviços mais rápidos que conhecemos, chegando a demorar poucas horas para ir de um país a outro.

Todavia, o principal ponto negativo dele é a capacidade de carga que ele pode transportar. Normalmente, são equipamentos mais leves quando enviados em voos comerciais. Entretanto, existem aviões que são utilizados somente para isso.

É uma boa escolha para quem busca velocidade, agilidade e eficiência na entrega.

 

  • Transporte Rodoviário

Por fim, mas não menos importante, possuímos o transporte rodoviário, o mais comum no Brasil e um dos principais movimentadores da economia, afinal, milhões de reais em mercadorias são enviados de um lado para o outro no país diariamente dentro de caminhões.

No entanto, os caminhoneiros brasileiros possuem dois grandes problemas com esse modal. O primeiro diz respeito às estradas brasileiras, que não são das melhores. Já o segundo é sobre a segurança, pois, infelizmente, diversos motoristas são assaltados em seus horários de trabalho.

Ainda assim, ele é quem está presente diariamente em nossas vidas, seja qual for a finalidade, tudo o que consumimos em algum momento foi transportado por meio de um caminhão.

 

3 dicas para melhorar a produtividade

Sabendo  o que é, como funciona e quais são os principais modais de transporte de carga que existem, vamos passar rapidamente três dicas importantes para melhorar a produtividade nesse setor.

Leia mais: O que significa “armazenagem” no processo logístico de transferência de carga?

Confira a lista abaixo:

 

1 – Big Data

O Big Data é nada mais do que o volume de dados gerados a todo instante em uma empresa. E, quando falamos de uma transportadora, já podemos imaginar a quantidade de informações que circulam.

Sendo assim, é de suma importância que as empresas de transporte de cargas utilizem ele a seu favor. Criando, assim, plataformas capazes de ajudar o seu cliente a monitorar as cargas e, atualizá-las de forma exata a todo instante. Isso será um diferencial e mostrará a transparência de sua empresa.

 

2 – Robótica no Transporte de Carga

Um termo que tem ganhado cada vez mais espaço no meio logístico é a robótica, ou seja, a utilização de máquinas capazes de agilizar o serviço e melhorar a produtividade.

Atualmente, existem alguns robôs que são capazes de auxiliar principalmente na hora de carregar e descarregar as mercadorias nos veículos. E, também, outro ponto de igual importância é o uso de computadores para monitorar o estoque e cargas no centro de distribuição.

 

3 -Sustentabilidade

A terceira dica, mas não menos importante, é a sustentabilidade. Nos últimos anos, esse tema tem entrado cada vez mais em pauta, principalmente devido a dados de empresas que não cumprem requisitos básicos como o descarte correto de lixos.

Da mesma forma, a revisão dos veículos também é importante, afinal, os caminhões por exemplo, emitem diversos poluentes, e é necessário que eles estejam com suas revisões em dia para evitar que eliminem materiais tóxicos no ambiente.

 

Conclusão

Com milhões de pessoas empregadas nesse setor, o transporte de cargas move o Brasil, seja por empresas ou profissionais autônomos, eles são um dos grandes responsáveis por fazerem a economia do país girar.

Por aqui, o transporte rodoviário é o mais conhecido, entretanto, com portos conhecidos mundialmente, o país também importa e exporta muitas mercadorias por meio de transporte naval. Sem falar dos aéreos, que são rápidos e eficientes.

Todos os donos ou gerentes de empresas de transporte de carga devem ter em mente a importância de seus trabalhos e, além disso, a forma como eles interferem diretamente na economia do Brasil. Sendo assim, é de suma importância que eles priorizem a  transparência e busquem sempre aprimorar o seu serviço.

Certamente com essas dicas a sua empresa irá melhorar a produtividade.


Fonte: Agência Gesto 

 

A MAXTON Logística agrega o conhecimento de profissionais com mais de 30 anos de experiência no mercado adquiridos em grandes organizações. Com um corpo gerencial e equipe experiente e atuante, a MAXTON Logística pode assegurar o completo domínio sobre todos os pontos da cadeia logística com os aspectos e conceito geral do Supply Chain Managment, garantindo assistência integral a seus clientes.

Hoje a informação deve chegar muito antes que a mercadoria, entendendo este conceito a MAXTON Logística investe fortemente em ferramentas TMS e WMS, possibilitando consultas On-line de embarques e mercadorias armazenadas.

Para quem não pode parar a MAXTON Logística é o sistema de gestão ideal e com diferenciais na “SOLUÇÃO PARA A SUA OPERAÇÃO”, com foco na qualidade, desempenho e otimização dos recursos sempre buscando a eficiência e eficácia.

 

Ligue agora mesmo para nossos consultores e peça uma apresentação sem compromisso. +55 41.3069.9800

 

Tags:
armazenagem, armazenagem em curitiba, armazenagem logistica, armazenagem de cargas, distribuição de cargas, distribuição de produtos, picking, logistica, logistica em curitiba, transporte internacional de cargas, importação de cargas, exportação de cargas, carga internacional, encomenda internacional, frete internacional, porto de santos, porto de itajaí, porto de são francisco, montagem de kits, embalagens especiais, desembaraço de cargas, despachante aduaneiro, maxton , maxton logistica, internet das coisas, porta pallete

#armazenagem #armazenagememcuritiba #armazenagemlogistica #armazenagemdecargas #distribuiçãodecargas #distribuiçãodeprodutos #picking #logistica #logisticaemcuritiba #transporteinternacionaldecargas #importaçãodecargas #exportaçãodecargar #cargainternacional #encomendainternacional #freteinternacional #estufagem