7 cuidados fundamentais para o armazenamento de cargas

Posted by
Maxton Logística

O setor de logística nas empresas é fundamental para o aumento da eficiência operacional, do market share (participação da organização no mercado) e da lucratividade. Entre as mais variadas áreas abrangidas, o armazenamento de cargas merece destaque devido à sua importância tanto para a produção quanto para as vendas.

cuidados fundamentais para o armazenamento de cargas

O armazenamento de cargas é responsável pelo acondicionamento de todos os ativos empresariais, sejam insumos ou produtos acabados. Dessa maneira, a eficiência e a qualidade das operações do setor refletem nas demais áreas empresariais que dependem de suas atividades.

Por isso, vamos conhecer agora alguns cuidados necessários no armazenamento de cargas. E também a sua importância para a empresa. Confira!

Por que tomar cuidados com o armazenamento de cargas?

Os diversos setores presentes nas organizações, de maneira geral, utilizam ativos — tanto insumos como produtos acabados — para a realização de seus procedimentos. Assim, o armazenamento de cargas torna-se essencial às demais áreas empresariais devido à sua integração e relação de dependência empregada.

A negligência no armazenamento, seja no próprio armazém ou no transporte, pode acarretar prejuízos financeiros e redução da operacionalidade e da eficiência devido ao mau acondicionamento dos insumos. Causando assim detrimento da imagem empresarial com o cliente, em razão da falta de confiabilidade e da qualidade do produto entregue.

Portanto, o cuidado com as operações de armazenagem garante à empresa uma maior eficiência e qualidade nos procedimentos das demais áreas, redução no custo, tempo e energia empregados na realização das atividades e maior lucratividade para a empresa.

Por que otimizar o armazenamento de cargas?

Os centros de armazenamento, hoje, realizam diversas atividades que vão além da simples estocagem de materiais. Esses procedimentos influenciam diretamente nos demais processos empresariais e, logo, necessitam de maiores investimentos e operações que promovam uma maior efetividade nas funções realizadas.

Com isso, a busca pela otimização desses espaços visa ao aperfeiçoamento das atividades. Assim, com o intuito de tornar os processos mais dinâmicos e eficientes, criando um sistema elaborado e organizado. Permitindo, portanto, o melhor aproveitamento dos procedimentos e espaços disponíveis.

Quais os cuidados necessários com o armazenamento de cargas?

A atividade de armazenamento de cargas, devido às características de acondicionamento de cada item, como toxicidade, validade, temperatura, exposição à luz, carece de certos cuidados. Para, dessa maneira, garantir a qualidade e propriedades dos produtos sem que haja redução da eficiência.

Nesse sentido, a fim de atingir a maior capacidade operacional do armazenamento, tanto no armazém quanto no caminhão, são necessários alguns cuidados, como:

1. Reservar espaços

Reservar espaços específicos para certos procedimentos ou materiais (pallets, produtos acabados, recebimento de mercadoria, embalagem, inspeção) garante maior controle sobre os ativos e processos presentes no setor de armazenamento de carga. Evitando assim falhas devido à ingerência ou à falta de métodos de inspeção e monitoramento.

2. Sinalizar adequadamente

As sinalizações e avisos são fundamentais para o manuseio e acondicionamento dos itens. Bem como para a segurança dos profissionais envolvidos na operação de estocagem ou movimentação interna ou externa dos produtos.

Dessa forma, sinalizar adequadamente tanto o produto estocado quanto os procedimentos aplicados no armazém implica maior segurança na atividade e redução de custos relacionados a avarias.

3. Determinar locais corretos

Cada procedimento ou tipo de material armazenado requer um local específico de guarda ou atividade. Portanto, determinar locais corretos consiste em disponibilizar e padronizar certos espaços do armazém ou caminhão para tipos específicos de produtos. Levando-se em consideração, inclusive, características de armazenagem como:

temperatura adequada;
exposição à luz;
perecibilidade;
toxicidade;
manuseio.

4. Verificar o estado da embalagem

A embalagem de um produto final ou de um insumo vai além da simples identificação do item. O seu papel é fundamental para a proteção mecânica e manuseio do ativo.

Deste modo, verificar o estado da embalagem consiste em realizar uma inspeção acerca da qualidade e proteção do invólucro de modo a garantir a melhor movimentação do objeto e reduzir os riscos da sua exposição.

5. Posicionar de forma estratégica

A demarcação dos locais onde os ativos serão guardados deve ser realizada de forma estratégica. Assim, o posicionamento deve considerar algumas variáveis do produto como peso, tamanho e necessidades especiais de acondicionamento. Além de alguns aspectos relativos à sua utilização na empresa, como:

taxa de uso;
índice de reposição;
tempo de ressuprimento.
Dessa maneira, tanto no depósito como no transporte, o posicionamento estratégico garante maior facilidade na movimentação dos ativos, na identificação dos itens e redução de tempo e energia para o manuseio dos produtos entre os diferentes pontos do processo produtivo ou do procedimento de entrega ao cliente final.

6. Controlar os espaços vazios

A eficiência do armazém ou caminhão depende do aproveitamento do espaço disponível nos centros de armazenamento de carga. Isso em relação ao espaço utilizado para o acondicionamento dos produtos e realização dos procedimentos internos do setor.

Assim, em contrapartida à busca pelo máximo rendimento funcional dos centros de distribuição, os espaços vazios são tidos como desperdícios de áreas funcionais. Aliás, poderiam ser utilizados para o aproveitamento e guarda de certos produtos. Devendo, portanto, ser controlados com o objetivo de evitar desperdícios financeiros e operacionais.

7. Fazer uso da tecnologia

No armazenamento de cargas, o uso da tecnologia é fundamental para promover uma maior segurança e rapidez nas tomadas de decisões e identificação dos produtos, auxiliar a realização das atividades internas e externas e reduzir os erros e incertezas acerca da real quantidade de itens armazenadas.

Vale a pena terceirizar o serviço de armazenamento de cargas?

Como demonstrado, o setor de logística, quando corretamente implementado, promove maior eficiência, qualidade e lucratividade para as empresas. Porém, quando negligenciado, o funcionamento das demais áreas é comprometido e os custos e desperdícios são elevados.

Por isso, a formação de parcerias com empresas logísticas qualificadas no transporte e armazenamento de cargas auxilia as empresas. Afinal, as atividades referentes ao setor passam a ser executadas por terceiros, que realizam os procedimentos com maior capacidade operacional e com menor custo e tempo devido ao know-how e à experiência acumulada. Venha conhecer a MAXTON LOGÍSTICA  e SURPREENDA- SE!

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *