Você conhece os 5 tipos de sistemas de armazenagem?

Postado por
Armazenagem

As funções do armazém são importantes, tanto para fábricas como para empresas que atuam no varejo. Sua função estende-se desde o recebimento de insumos até a separação de produtos acabados para o envio aos clientes. Com esse aspecto em mente, é preciso destacar como a estrutura e a organização interna desse espaço físico é fundamental para conservação, movimentação e estocagem de materiais.

Por esse motivo, é importante dominar os diversos tipos de sistemas de armazenagem, para que o gestor tenha a oportunidade de tomar uma decisão fundamentada em conhecimentos profundos sobre o assunto — o que acarreta a escolha do método de armazenagem ideal para as necessidades da sua empresa.

Continue a leitura deste artigo para conhecer mais sobre o assunto.

1. Sistema WMS

A sigla WMS significa Warehouse Management System ou Sistema de Gerenciamento de Armazém, em português. Essa ferramenta de gestão gerencia tanto o estoque quanto a organização do espaço físico do armazém. Sua principal característica é a informatização de seus processos para coletar informações sobre cada carga. Como resultado, é possível realizar as rotinas de inventário, localizar itens específicos nas prateleiras e programar o reabastecimento.

Uma das principais vantagens é o aumento da capacidade de armazenagem. O WMS beneficia as empresas por sua precisão e controles acurados — características que aumentam a competitividade perante os concorrentes e garantem maior satisfação dos clientes.

2. Estante flow-rack

A implementação do sistema flow-rack exige a instalação de pistas com rodízios plásticos em posição inclinada. Esse é um exemplo de um sistema dinâmico, no qual os produtos estocados podem passar por movimentação interna, seja manual, seja por meio de equipamentos. Assim, as caixas, que devem ser leves e pequenas, são deslizadas em sequência para entrarem e são retiradas do lado oposto.

O flow-rack aplica o método PEPS ou Primeiro que Entra, Primeiro que Sai e esse fator torna o processo de reposição mais ágil. É possível combinar esse sistema com esteiras para que a mercadoria seja direcionada para a linha de produção.

3. Estante porta-paletes

Esse tipo de estrutura preza pela armazenagem vertical, o que otimiza o espaço do armazém. Grandes supermercados e distribuidores são usuários desse tipo de sistema por sua versatilidade. É possível armazenar variados gêneros de produtos e facilitar o acesso aos itens de maior consumo.

O posicionamento das prateleiras permite a localização e a movimentação de paletes individuais sem a necessidade de mover as demais embalagens. É uma grande melhoria, pois reduz as chances de avaria de mercadorias, evita o retrabalho para substituir item e previne o atraso de entrega dos pedidos aos clientes.

4. Sistema carrossel

O sistema carrossel é constituído de estantes equipadas com prateleiras que deslizam verticalmente. Esse é um dos tipos de sistemas de armazenagem que não somente promove a separação e a guarda de mercadorias, mas leva os materiais até as estações de trabalho.

Sua utilização é ideal para empresas que não dispõem de amplo espaço para a instalação do armazém. Um dos benefícios resultantes de sua implantação é a redução de custos com a aquisição de equipamentos para realizar a movimentação dos materiais.

5. Sistema push-back

O push-back utiliza, como base, o princípio UEPS, ou seja, Último que Entra, Primeiro que Sai. Para implementar esse sistema, as estantes devem ser equipadas de trilhos, para permitir que os paletes deslizem por toda a extensão da prateleira. Quando a primeira carga contida no palete é posicionada no trilho, ela deve ser empurrada para o fundo, até a última posição.

Os itens seguintes serão armazenados na frente até que a primeira posição esteja ocupada. Por essa razão, no momento de retirar as cargas do armazém, a primeira a ser removida será aquela que ingressou no estoque por último.

Os investimentos mais eficientes de formas de alocação de materiais devem ser encarados como uma oportunidade para ampliar serviços e controlar melhor os processos de estoque. Por essa razão, o trabalho de pesquisa e consultoria ajuda a identificar, entre os tipos de sistemas de armazenagem, qual é a melhor solução para a sua empresa.

Fonte: .r3sc

Carregando…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *