O papel do Blockchain na logística reversa inteligente

Posted by
Notícias

Nas próximas semanas vamos abordar em nosso blog o papel importante sobre a implantação da tecnologia  “BLOCKCHAIN” na logística . O que se vê é uma revolução inimaginável  nova maneira de tratar, receber e tomada de decisões automáticas. Não perca os próximos posts.

Se você já imaginou uma embalagem pedindo para ser reciclada, isso agora é realidade. Uma impressão invisível impressa nas embalagens vai dar vida a esses objetos, como vem ocorrendo na Alemanha. Centros de reciclagem de lixo usam máquinas inteligentes para fazer a separação automática com velocidade e eficiência. Câmeras fazem a leitura automática dos códigos de barra.

Em um planeta cuja população cresce e aumenta o seu consumo, é preciso evitar que certos materiais, como o plástico, vão parar em lugar errado. Antes do destino final, o lixo agora pode passar por uma correia transportadora, ser separado, selecionado e encaminhado para a reciclagem. Tudo automaticamente, de diferentes formas conforme o tipo de material, que passa com velocidade de 3m/seg. Câmeras em barras escaneiam e identificam cada item.

A leitura da arte impressa e invisível, identifica a origem da embalagem e suas características. Assim, por exemplo, uma garrafa plástica de refrigerante é tratada diferentemente de uma garrafa plástica de detergente na reciclagem. Trata-se de um processo de identificação de material impossível de ser realizado por olho humano. Os dados coletados servirão também para balizar os desenvolvimentos de embalagens por seus fabricantes.

Sem sombra de dúvida, vivemos um novo tempo de responsabilidade ambiental. Mais de 20 marcas mundiais, como a Nestlé, PepsiCo e Danone participam desse projeto. Abrangente às compras nos supermercados, que serão orientadas sobre dar tratamento final às suas embalagens. É fácil perceber o impulso que está sendo dado à logística reversa pela tecnologia digital e a inteligência artificial.

Vivemos uma era de nova revolução química, com tecnologias digital e inteligente, da lei do químico francês Antoine Lavoisier, segundo a qual “nada se cria e nada se perde, tudo se transforma”.

Fonte: https://portogente.com.br/

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *