Empilhadeiras automáticas, a tecnologia a favor da otimização logística

Postado por
Maxton Logística

O uso de tecnologia nos negócios é cada vez maior graças à busca por produtividade e otimizações para os negócios. A automação de processos tende a tornar tudo mais seguro e mais efetivo, e é por isso que as máquinas automáticas surgem como uma possibilidade para a logística interna. Operando de maneira distinta das tradicionais, essas empilhadeiras trazem mais segurança e melhores resultados.

Para entender mais do assunto, veja a seguir como esses equipamentos funcionam e quais os benefícios que você pode conseguir com as empilhadeiras automáticas em seu negócio!

Como funcionam?
As empilhadeiras automáticas são veículos controlados remotamente que se movimentam em trilhos no local de trabalho — como o armazém ou galpão — e que seguem uma rota bem definida. Esses equipamentos podem transportar materiais de uma direção para outra, mudar suas elevações, empilhá-los etc.

As empilhadeiras automáticas são controladas por um software que é responsável por definir adequadamente quais são as rotas a serem seguidas de modo a otimizar todo o processo. Além disso, os equipamentos também são adaptáveis dependendo da quantidade e peso da carga a ser transportada.

Quais os benefícios?
Empilhadeiras automáticas que operam sozinhas trazem vantagens relacionadas também aos recursos humanos como um todo. A seguir listamos alguns benefícios que ocorrem no ambiente de trabalho:
– Diminuição dos riscos de acidente
As empilhadeiras automáticas são consideravelmente mais seguras do que as tradicionais operadas por funcionários porque elas possuem uma rota bem definida, além de contar com sensores de segurança. Se com uma empilhadeira tradicional podem acontecer colisões e até atropelamentos, com as automáticas esse risco é diminuído, pois elas contam com sensores de parada quando a situação se mostra insegura.
– Aumento da ergonomia
Outra vantagem do uso dessas empilhadeiras é que elas melhoram a ergonomia de uso e, com isso, acabam diminuindo a rotatividade no setor. Enquanto as empilhadeiras normais exigem que o funcionário esteja sentado em uma posição que nem sempre é confortável, as automáticas garantem que o funcionário possa andar ao seu lado. Isso diminui, em longo prazo, a ocorrência das chamadas doenças laborais e também ajuda a reduzir a insatisfação e a rotatividade com a atividade.
– Diminuição de custos
Embora o uso dessas empilhadeiras possa diminuir a quantidade de recursos humanos necessária, nem sempre é verdade que o menor número de profissionais será sinônimo de custos menores. Por outro lado, o uso dessas empilhadeiras impacta positivamente a produtividade. Com o planejamento de rotas é possível escolher o melhor e mais rápido caminho, assim como diminuir erros, acidentes e prejuízos. Conjugados, esses fatores levam a uma diminuição dos custos.
– Melhor utilização do capital humano
Embora possa parecer que as empilhadeiras automáticas excluam totalmente a necessidade de recursos humanos, o que acontece é que esse capital humano pode ser utilizado de uma maneira mais produtiva. É o caso de contar com profissionais acompanhando as empilhadeiras para fazer uma conferência ou monitoramento de estoque ou então podendo direcionar esforços para outras atividades cruciais para a logística.


Com isso, utilizar essas empilhadeiras permite que o negócio se volte para outras questões igualmente importantes. As empilhadeiras automáticas que operam sozinhas funcionam com base em um sistema que envolve trilhos, sensores, controle à distância e planejamento de rotas. Como vantagens, isso traz a redução dos riscos de acidentes, melhora da ergonomia, redução dos custos e melhor utilização do capital humano. No final, a logística interna se torna mais assertiva e menos onerosa.

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *