CUIDADO PARA NÃO CAIR NAS SEIS ARMADILHAS DOS INVENTÁRIOS

Postado por
Armazenagem

A medida em que os inventários aumentam, certifique-se de que não cairá nestas seis armadilhas.

Alto nível de inventário, seja por conta de baixas vendas, períodos sazonais, ou que for, pode ser um grande problema no armazém. A boa notícia é enquanto a economia vai pouco a pouco melhorando, os distribuidores vão carregando mais inventário.

A má notícia: se você não tiver os sistemas no lugar, para monitorar o produto no seu estoque, um inventário mais rechonchudo poderá sugar o lucro da sua operação. Separamos os principais cenários que podem ocorrer e como tentar evita-los.

1 – Sistemas desatualizados

Qualquer centro de distribuição que já está no mercado há algum tempo, encara o desafio de sistemas, procedimentos e equipamentos desatualizados, que não servem mais para uma tarefa. Sistemas baseados no papel e contagens manuais são notoriamente lento, ineficientes e suscetíveis a erros.

Se você está travando uma batalha com um software antigo, e leitores de código de barros estafantes, calcule quanto tempo e dinheiro está perdendo por causa de erros de contagem e cadastro. Talvez, a troca de todo o sistema lhe pouparia o dinheiro gasto nisso.

2 – Obsolescência

Todo gestor teme um estoque repleto de inventário velho e indesejado. A obsolescência pode também ser resultado da contabilidade ineficiente do inventário, que faz com que se acumule estoque excessivo, diante do medo de perder vendas, devido à saída de estoque.

3 – Devolução

Se você tem itens de estoque que não estão vendendo ou que estão com defeito, você pode devolvê-los para o fornecedor (que deve autorizar a devolução). Para que isso funcione, você deve primeiro estar ciente de que seu inventário está se acumulando ou movendo-se lentamente. Um sistema perpétuo com controle de estoque em tempo real irá fornecer essas informações e pode até mesmo controlar parte do processamento de devolução.

4 – Consumidor inconstante

Empresas que vendem artigos de moda, brinquedos e eletrônicos são especialmente vulneráveis ​​à rápida mudança de gostos. Enquanto os desejos dos consumidores sempre mudar, você pode piorar o problema por não seguir seu inventário bem o suficiente para saber quando você está construindo altos níveis de estoque. Se os seus procedimentos e sistemas de inventário não estiver lhe dando a informação que você precisa, substitua-os.

5 – Confiança abalada

Uma cadeia de restaurantes, certa vez, percebeu que estava recebendo poucas costelas de um fornecedor que a substituiu por uma carne de menor qualidade, mais gorda. Um cozinheiro atento, alertou sobre o problema – mas a contagem das poucas peças deveria ter sido descoberta por meio de procedimentos e equipamentos que verificassem as cargas recebidas. É muito mais fácil confiar em seu fornecedor, se você tem o equipamento no setor de recebimento para fazer para dar suporte a sua confiança.

6 – Faturas abaixo do valor

Uma empresa de reparos de aparelhos sofreu um problema de má arrecadação, quando técnicos de campo não cobraram com precisão os materiais, peças e suprimentos que eles usaram para fazer os reparos. Os técnicos estavam muito ocupados e não pararam para colocar tudo no papel. Um leitor de código de barra, em cada caminhão, teria resolvido o problema.

 

Fonte: https://www.imam.com.br/

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *