Como fazer o cálculo preciso do estoque mínimo?

Postado por
Armazenagem

Um dos maiores desafios de todo gestor é encontrar as métricas ideais para gerenciar e controlar o seu estoque, garantindo que todos os produtos estejam disponíveis para entrega ao consumidor quando demandados, porém sem sobras e perdas.

É importante compreender que a falta de produtos é um problema, mas o excesso também. Um estoqueabarrotado traz inúmeros transtornos para a empresa, como desorganização física do espaço, perda de produtos (quando perecíveis) e estoque ocioso que significa sempre capital subutilizado. Nesse contexto, a noção de estoque mínimo (ou estoque de segurança) pode ser extremamente útil e valiosa para o gestor.

O que é o estoque mínimo?
O estoque mínimo é a medida ideal e necessária de produtos que devem existir no estoque para garantir que não haja falta em caso de uma demanda atípica e superior à média. Ou seja, é uma reserva de todos os seus produtos que vai cobrir eventuais emergências e garantir a continuidade do seu processo de vendas. 

Importante observar que esse conceito é diferente do conceito de ponto de pedido. Este último diz respeito às taxas mínimas que serão alcançadas exigindo uma recompra, enquanto o estoque mínimo é uma quantidade constante que deve existir em seu estoque em todas as etapas do processo. 

Como calcular?
O estoque mínimo protege a empresa do ponto de ruptura, ou seja, do momento em que determinada mercadoria está zerada. O cálculo do estoque mínimo é bem simples e envolve a seguinte variável: consumo médio por unidade de tempo (que deve ser a mesma para o cálculo do consumo médio e do estoque mínimo). Então, basta calcular o consumo médio de determinado produto ao longo de um prazo e multiplicar esse valor pelo mesmo prazo — está aí o seu estoque mínimo.

Em um exemplo prático, para saber o consumo médio de um produto em um mês, some as unidades vendidas ao longo do mês e divida pelos 30 dias: esse é o seu consumo médio. Multiplique por 30 e esse é o seu estoque mínimo mensal. 

Qual a importância do estoque mínimo para o sucesso da sua empresa?
O estoque mínimo é fundamental para auxiliar o gestor no encontro do equilíbrio, garantindo que não faltem mercadorias fundamentais para o sucesso do seu negócio, mas que, por outro lado, seu espaço físico e seu capital não sejam comprometidos com compra excessiva de produtos que podem, inclusive, se perder. 

Em outras palavras, o estoque mínimo é uma ferramenta que permite uma visão mais completa do funcionamento e do andamento da empresa, auxiliando nas decisões estratégicas e nos processos de compra e venda — e por isso é tão importante observá-lo atentamente.

A logística é o conhecimento responsável pelo planejamento, implementação e controle de fluxos dentro da empresa e tem uma importância imensa na garantia de processos cada vez mais eficientes e bem sucedidos, bem como da satisfação dos clientes. Entender como usar a logística a favor do crescimento da empresa é um grande diferencial competitivo e pode fazer toda a diferença nos resultados. Nesse cenário, a compreensão do conceito do estoque mínimo é fundamental.

Carregando…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *