COMO APLICAR UM PROJETO DE LOGÍSTICA INTEGRADA DE FORMA EFICAZ?

Postado por
Logística

– Administração do material: consiste nas operações que se relacionam ao fluxo de mercadorias e de informações, desde a aquisição de matérias-primas até a última etapa da logística integrada. A administração trabalha com o planejamento e a gestão das demandas que garantam a qualidade das atividades de determinada instituição. É possível aumentar a rotatividade do estoque, gerenciar a relação com os fornecedores e aprimorar a qualificação da mão de obra empregada.

– Movimentação de materiais: Os objetos não ficam estáticos no estoque. Com isso, há uma necessidade de remanejamento desse estoque nos próprios armazéns, para outras unidades ou para fábricas. As trocas de lugares que os produtos passam ao longo da cadeia produtiva são registradas e monitoradas para possibilitar ajustes nos processos logísticos, tudo em sintonia com as outras etapas a logística integrada. O objetivo é garantir a precisão no abastecimento das linhas de produção e controlar faltas ou excessos.

– Distribuição de materiais: A etapa de distribuição começa quando os insumos precisam sair dos galpões em direção a atacadistas e varejistas. Neste momento do processo, é feita a escolha do meio de transporte que fará a entrega dos produtos e dará condições para que ele chegue ao consumidor final, conforme o planejamento criado para as duas outras etapas. Ela é a que exige menos ajustes no processo industrial.

MAS COMO APLICAR UM PROJETO DE LOGÍSTICA INTEGRADA DE FORMA EFICAZ?

Um dos principais pontos a respeito da aplicação da logística integrada é a gestão da comunicação entre os setores. Para que os procedimentos em cada uma das áreas sejam realizados de forma alinhada e operem de maneira unificada, é necessário manter um fluxo de informações constante, claro e objetivo. Isso facilita o compartilhamento de informações e permite que decisões sejam tomadas de forma efetiva em um tempo menor.

Confira o exemplo e entenda melhor o processo operacional de uma empresa:

Imagine qualquer processo em que há necessidade de transferência de materiais, seja por demanda de matéria-prima, transferências de produtos entre filiais ou, simplesmente, movimentação de produtos vendidos. Na logística integrada, a empresa possui rastreabilidade de todo o ciclo à partir do fato gerador.

A empresa conta com clara visão em relação à suficiência de estoques, tendo o registro detalhado da demanda da movimentação à partir do momento em que ela ocorreu. Quando se trata de um processo de vendas, o ciclo da logística integrada pode registrar e acompanhar o processo de liberação de crédito e faturamento contra o cliente.

Em seguida, a empresa tem o registro da movimentação interna na mercadoria nos armazéns. Posteriormente, o completo rastreio do ciclo de transportes, envolvendo os processos de coletas, redistribuição e entrega no destino final.

Trata-se do completo histórico do ciclo de movimentação, informação que gera valor agregado entre as áreas da empresa e, principalmente, incorpora transparência e credibilidade em relação à parte interessada no recebimento do material.

Portanto, aposte em um projeto que ofereça condições para a sua empresa planejar, acompanhar e controlar todos os passos operacionais e construir resultados positivos por meio de estratégias que otimizem o trabalho desde a produção até a entrega final ao consumidor.

Realizamos todo estudo necessário para um projeto logístico eficiente, conseguindo personalizar qualquer operação que possua particularidades especificas, e , busca sempre melhores soluções aos clientes.

Contando com a experiência de mais de 30 anos de seus executivos no segmento de logística, e por isso  conseguimos ter soluções especiais, otimizando e adequando custo/ beneficio sobre toda a estrutura logística de segmentos tais como:
– Implementação de rotas;
– Milk-Run;
– Sistemas de embalagens;
– Armazenagem.

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *