A importância da bike na logística.

Posted by
Maxton Logística

Uma logística competitiva é aquela que tem a capacidade de se adaptar às dificuldades que encontra, como o alto tráfego nas grandes metrópoles.

Uma saída que já é tendência em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil, é o bike delivery. Por aqui, as entregas com bicicletas vêm crescendo a cada dia, mostrando como essa alternativa é bem aceita e viável em centros urbanos.
No exterior, empresas  estão investindo forte nesse segmento, inclusive com as cargo bikes por toda a Europa. Mas como essa solução inovadora pode trazer sustentabilidade e economia para a cadeia logística, sem perder eficiência?

A economia gerada pelo bike delivery

Vans e outros tipos de veículos engendram custos muito altos para as empresas de entregas. Os balanços mostram o quanto esses valores influenciam no lucro que essas companhias têm, entretanto, são despesas extremamente necessárias.

Contudo, uma boa estratégia e investimentos precisos são capazes de substituir automóveis por bicicletas. Ao redor do mundo, o bike delivery tem conquistado mais adeptos. Entre as economias obtidas é possível destacar:

  • Combustível;
  • Manutenção (nas bicicletas o custo é muito menor);
  • Seguro (há para as bicicletas, porém, muito mais barato);
  • Multas de trânsito;
  • documentação da frota.
  • Bike delivery como solução para áreas com restrição de veículos .

 

Nas cidades brasileiras há a restrição de circulação de veículos de maior porte. Com isso, o trabalho estratégico precisa ser mais cuidadoso, para que as entregas deixem os depósitos e realizem as entregas dentro do prazo estipulado. Com as bicicletas, esse é um problema inexistente.

Ainda que elas sejam menos rápidas, a circulação pode ser feita durante todo o dia. Aliando isso à distribuição de bicicletas pela cidade, é possível ter uma grande rede de serviços sem nenhuma limitação. O amplo atendimento das bicicletas permite entregas no tempo certo.

O que são cargo bikes?

Cargo bikes são uma tendência em desenvolvimento ao redor do mundo. A DHL, como citado anteriormente, tem investido nessa modalidade de veículo em suas operações na Europa. Trata-se de bicicletas com pequenos contêineres que suportam até 125 kg. O modelo de serviço é chamado de City Hub.  No Brasil, já é possível ver as cargo bikes em ação pelas ruas, naturalmente, em modelos diferentes e com menos tecnologia do que as bicicletas da DHL. Estas, conseguem efetuar entregas de diferentes produtos, como botijões de gás de cozinha, sacos de gelo, galões de água e carvão.

O processo de implementação de uma frota de bicicletas para ter um bom sistema de bike delivery, com uma logística eficiente, é fundamental planejar o trabalho. Uma frota de bicicletas efetiva passa pelo cumprimento dos seguintes pontos:

  • capacitação dos motoristas: um treinamento básico orienta quanto à segurança no trânsito, preservação dos produtos de entrega e boas práticas logísticas e de rotas;

 

  • investimento em manutenção: as bicicletas precisam passar por constantes processos de manutenção. Isso garante a vida útil dos equipamentos, além de gerar economia;
    criação de bicicletários: os bicicletários são o ponto de partida das entregas e indispensáveis para que a logística funcione; investimento em segurança: equipamentos de proteção para os bikers e dispositivos de segurança para as bicicletas garantem a integridade dos entregadores.
É possível ter uma grande rede de serviços sem nenhuma limitação. O amplo atendimento das bicicletas permite entregas no tempo certo.

 

Fonte: www.intelipost.com.br

Loading…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *